Seguidores

links de visualização dinamica

Modo de visualização: Classic| Flipcard | Magazine | Mosaic | Sidebar | Snapshot | Timeslide

sexta-feira, 28 de abril de 2017

"Encontrando uma Maior Esperança"

Tímido, alvo de gozação, deprimido. Essas não são palavras que geralmente associamos a medalhistas olímpicos. Mas foi exatamente isso que Trevor Marsicano viveu enquanto crescia.

Na oitava série, quando os medicamentos falharam no alívio da depressão, Marsicano quase deu fim a sua vida na oitava série. Mas a falta de esperança o levou a rconhecer sua necessidade de algo diferente.

Ele disse: "Eu iria precisar de mais esperança do que as pessoas estavam me oferecendo."

E logo encontrou essa esperança em um panfleto que ele pegou em uma igreja. O folheto falava sobre uma esperança que pode ser encontrada na pessoas que depositam sua fé em Jesus Cristo como seu Salvador. Isso é exatamente o que ele precisava.

Marsicano encontrou uma esperança que não muda, independente do que acontece na nossa vida. Essa esperança é encontrada em ter um relacionamento com Jesus.

Nessa mesma época, ele tomou uma outra decisão. Depois de passar a maior parte de sua vida em cima de patins e com um taco nas mãos, Marsicano trocou o róquei pela patinação de velocidade. Aos 19 anos de idade, ele se tornou o competidor mais jovem a ganhar uma medalha de ouro em um campeonato de sua modalidade e ainda acrescentou uma medalha Olímpica de prata em 2010.

Apesar de seu sucesso, Marsicano continuava com suas lutas. Mais cedo em sua carreira, correu um grande risco de morte, quando um jogador escorregou e cortou a perna de Marsicano. Ele perdeu metade do sangue de seu corpo e sua carreira como atleta ficou por um triz.

Logo após as Olimpíadas, várias contusões o atormentaram e sua performance sobre o gelo sofreu uma queda. Mas, Marsicano sabia que não estava sozinho para enfrentar as coisas.

"Eu tenho que depender e descansar que Deus irá me tirar dessa e me ajudar a alcançar meu sonho, "  disse Marsicano.

Perguntas: De onde vem sua esperança? (Em suas habilidades? Em sua estabilidade financeira? Em seu país? Ou em alguma outra coisa?) Essas são coisas que sempre estarão presentes? Você acredita que a esperança que encontramos em Jesus pode sustentá-lo?

Oração: Pai, eu preciso de Ti. Preciso do tipo de esperança que só o Senhor pode dar. Por favor, me mostre o que siginifica encontrar essa esperança somente no Senhor. Perdoe meus pecados e me encha dessa esperança.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

"Conversas Temperadas"

As faculdades trazem um desafio para os jovens cristãos. Possivelmente, pela primeira vez, os estudantes serão expostos a opiniões de impacto, que não se alinham com suas opiniões.

Missy Franklin teve essa experiência quando tentava nadar em nível universitário. Ela descobriu que muitas das verdades espirituais que havia aprendido, não eram as verdades de seus atuais companheiros de classe e professores.

Ela teve que tomar um decisão. Será que ela deveria se afastar das pessoas e dos conflitos para proteger a ela e a sua fé, ou, esquecer as verdades espirituais que havia aprendido antes da faculdade, e se enfiar de cabeça nas amizades com os alunos e professores, mostrando a eles seu amor e respeito? 

Missy escolheu fazer parte de um grupo de cristãos que a ajudaria em seu andar com o Senhor, e que também, acreditava nas mesma coisas que ela.

"Eu amo entrar em conversas sérias sobre Deus," diz ela. Eu amo ter pessoas que me desafiem e que me falem de suas crenças. Para mim, é muito interessante, pois sinto que isso me ajuda a crescer em meu relacionamento com Deus.

Missy descobriu que ela não só poderia fazer amizades nessas discussões, mas também, que podia crescer em seu conhecimento e amor do Senhor. Ela pegava as perguntas e questionamentos das conversas com seus amigos, e as fazia depois, para ela mesma responder. Ela aprendeu a usar aquilo que estava experimentando e descobrindo em seu relacionamento com Deus e então, passar a informação como respostas aos seus amigos.

"Ter essas perguntas, realmente te ajuda a buscar mais profundamente, ao contrário de só ficar em um nível superficial em seu relacionamento com Deus." diz Missy. "Eu sinto que você perde uma parte do crescimento, quando você se cerca somente de pessoas que irão concordar com você o tempo todo."

Perguntas: Você tem se envolvido em conversas e amizades que irão te desafiar a entender melhor o que você crê? Você responde com sabedoria e educação, quando é questionado com a fé de outra pessoa? Como você pode se conectar e amar aqueles que ainda não conhecem a Jesus?

Oração: Senhor, me ajude a reagir bem quando eu sinto estar sendo atacada ou desfiada em minhas conviccões. Quero dar mais valor as pessoas e aos relacionamentos do que a "vencer" um argumento. Peço que me dê de Sua sabedoria e Suas palavras, quando interagir com aqueles que não te conhecem, para que eu possa mostrar a eles Seu grande amor.

A Recompensa de ser Humilde

Kevin Durant, sabe um pouco sobre holofotes. Como jogador MVP e All Star da NBA, e ganhador do ouro Olímpico, Durant é sem dúvida, um dos melhores jogadores de basquete do mundo.

Com todo esse sucesso, seria fácil aceitar o louvor e a exaltação dos seu admiradores. Muitas celebridades se tornam vítmas do excesso de atenção que recebem. Mas não Durant.

A vida de Durant começou com um difícil histórico. Seu pai foi embora quando ele era bem pequeno, deixando ele e três irmãos aos cuidados de sua mãe e de sua avó. Quando estava no Ensino Médio, seu técnico e grande exemplo de vida, Charles Craig, foi assassinado.

Apesar das diversidades, Durant foi o segundo melhor aluno em 2006 e desde então, se tornou astro.

Em meio a todo seu sucesso e de toda a atenção que recebia, Durant não se esqueceu da importância de se manter humilde. Ele se lembra, "quando eu tinha uns dezesseis anos, eu comecei a crescer como jogador e a ser reconhecido pelas pessoas, e deixei que isso subisse a minha cabeça...e precisou ter uma partida, onde joguei muito mal, em frente de muitos técnicos bons, para que eu acordasse.

Durant demonstra humildade dentro e fora da quadra, respeitando os outros jogadores, falando modestamente com os repórteres, e doando muito do seu dinheiro para pessoas necessitadas. Ele até rejeitou um apelido que o exaltava e pediu que o chamassem então, de "O servo". Ele não pensa sobre ele além do que convém, porque ele vê a Deus como o Senhor de sua vida, e não ele.

"Eu li na Bíblia, que humildade é a chave, e isso é o que busco ser todos os dias," diz Durant. 

Perguntas: Como você descreveria humildade? Você a vê como algo bom ou ruim? Você manda em sua vida ou você a submete a Deus? Como isso afeta a você e aos que estão ao seu redor?

Oração: Deus, o Senhor é Soberano. O Senhor me fez como eu sou e tem me abençoado muito. Me perdoe do meu orgulho. Perdoe quando me coloco acima dos outros e penso mais de mim do que convém. Me ajude a encontrar alegria em buscá-lo mais do que a mim mesmo. Amém.."
Kevin Durant, sabe um pouco sobre holofotes. Como jogador MVP e All Star da NBA, e ganhador do ouro Olímpico, Durant é sem dúvida, um dos melhores jogadores de basquete do mundo.

Com todo esse sucesso, seria fácil aceitar o louvor e a exaltação dos seu admiradores. Muitas celebridades se tornam vítmas do excesso de atenção que recebem. Mas não Durant.

A vida de Durant começou com um difícil histórico. Seu pai foi embora quando ele era bem pequeno, deixando ele e três irmãos aos cuidados de sua mãe e de sua avó. Quando estava no Ensino Médio, seu técnico e grande exemplo de vida, Charles Craig, foi assassinado.

Apesar das diversidades, Durant foi o segundo melhor aluno em 2006 e desde então, se tornou astro.

Em meio a todo seu sucesso e de toda a atenção que recebia, Durant não se esqueceu da importância de se manter humilde. Ele se lembra, "quando eu tinha uns dezesseis anos, eu comecei a crescer como jogador e a ser reconhecido pelas pessoas, e deixei que isso subisse a minha cabeça...e precisou ter uma partida, onde joguei muito mal, em frente de muitos técnicos bons, para que eu acordasse.

Durant demonstra humildade dentro e fora da quadra, respeitando os outros jogadores, falando modestamente com os repórteres, e doando muito do seu dinheiro para pessoas necessitadas. Ele até rejeitou um apelido que o exaltava e pediu que o chamassem então, de "O servo". Ele não pensa sobre ele além do que convém, porque ele vê a Deus como o Senhor de sua vida, e não ele.

"Eu li na Bíblia, que humildade é a chave, e isso é o que busco ser todos os dias," diz Durant. 

Perguntas: Como você descreveria humildade? Você a vê como algo bom ou ruim? Você manda em sua vida ou você a submete a Deus? Como isso afeta a você e aos que estão ao seu redor?

Oração: Deus, o Senhor é Soberano. O Senhor me fez como eu sou e tem me abençoado muito. Me perdoe do meu orgulho. Perdoe quando me coloco acima dos outros e penso mais de mim do que convém. Me ajude a encontrar alegria em buscá-lo mais do que a mim mesmo. Amém.

terça-feira, 25 de abril de 2017

"Uma Segunda Chance"

Nossa história e celebração não param na Páscoa. Esse é o problema com feriados, passamos para o dia seguinte para o mundo real e então somos deixados com esta névoa "Mas e agora?" Hoje é tudo sobre como vamos adiante em nossa crença de que Jesus conquistou a maldição do pecado, trazendo para nós vida nova Nele.

Lembra de Pedro? No início da semana lemos sobre sua traição a Jesus quando O negou três vezes. Hoje o vemos com Jesus de novo.

Leia João 21:15-19.

Jesus pergunta a Pedro sobre seu amor. Eu não acho que essa questão fosse para Jesus, mas para Pedro. Acho que Jesus estava dando a chance para, três vezes preste atenção, afirmar seu amor por Cristo. Três vezes Jesus respondeu como Pedro poderia mostrar seu amor por Ele: "Alimenta meus cordeiros," "apascenta minhas ovelhas," e "alimenta minhas ovelhas."

A maneira que mostramos e dizemos a Jesus que O amamos não é com nossas palavras. Qualquer um pode usar uma cruz no colar, veja o perfil dos cristãos no Facebook, ou vá à igreja no domingo. Jesus diz que para amá-Lo precisamos cuidar de Suas ovelhas (povo).

Ele não pediu a Pedro apenas para amar as pessoas; Ele lhe deu mais uma instrução:

Leia novamente João 21:19.

Ele disse a Pedro para segui-Lo. Que linda a figura de Jesus como nosso Redentor. Não importou se pedro tirou os olhos Dele quando andava sobre as águas. Não importou se Pedro negou a Cristo, não apenas uma vez mas três vezes. Jesus estendeu a Pedro o convite para segui-Lo novamente.

"O ladrão vem apenas para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham plenamente. Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas."
-Jesus (João 10:10-11)

Jesus sabe tudo sobre você—todas as maneiras que o ladrão (satanás) tem roubado, matado e destruído em sua vida—e Jesus te ama de qualquer maneira e deseja plenamente vida para você.

Para encerrar esta Semana Santa, assista este vídeo de Isaac Wimberley lendo seu poema "Beauty": https://www.youtube.com/watch?v=Jx5noFGH0bQ.

Você é lindo por causa do Seu amor—Sua vida, morte e ressurreição! Vá e viva a vida plenamente seguindo a Jesus e amando Suas ovelhas!

"Agora isso é viver"

Deus tem um sonho para este mundo, e você é convidado a ser parte disso. É um sonho irresistível que Deus tem para toda eternidade. É um sonho para sua vida, sua comunidade e para o mundo inteiro.

O sonho de Deus é que você possa viver cada segundo da sua existência com a confiança que Ele te ama apaixonada e inexplicavelmente. Seu sonho é que você possa se arriscar em amar outros porque sabe que Deus arriscou tudo ao amar você.

Esse é o motivo do despertar final da jornada de encontrar seu caminho de volta a Deus, é o despertar para a vida. Quando realmente despertamos para a nova vida que Deus nos oferece em casa com Ele, nós vemos a possibilidade para um futuro completamente diferente. Nós exclamamos, "Agora isso é viver!" mas sabemos que 'viver' significa algo diferente agora. Significa viver uma vida que é melhor, maior e com mais significado do que nunca.

Sua nova caminhada com Jesus é uma jornada que você nunca precisa viajar sozinho. Você nunca mais vai precisar viver longe do seu Pai Celestial de novo. Se você se encontra à deriva em complacência procurando por substitutos, pensando que tem todas as respostas que precisa para si mesmo... você sabe o que fazer.

Volte para a vida que é realmente viver! Você sabe o caminho e a casa é onde você sempre esteve.

Esteja preparado nos próximos anos para um estilo de vida que é diferente de qualquer coisa que você pensava ser possível quando deu meia volta na pista naquele dia e pediu ajuda ao Pai. O despertamento à vida traz com ele influência e oportunidades inesperadas. Como pode ser? Porque Cristo está vivo em você, e isso muda simplesmente tudo. Agora você pode trazer esperança para onde havia desânimo. Agora você pode mostrar aos prisioneiros o caminho à liberdade. Agora você pode ser luz na escuridão.

E isso é viver!

Ache seu lugar na comunidade de outros filhos e filhas gratos do Pai. Conecte, aprenda e trabalhe com eles para fazer diferença para o bem em casamentos, lares, escolas, locais de trabalho e comunidades.

Vamos nos manter ajudando outros a acharem seus caminhos de volta a Deus. Ali é onde a verdadeira celebração está esperando.

Quando você olha para trás nesse devocional de cinco dias, que "despertamento" produz em você? Qual o próximo passo que acredita que Deus está te chamando a dar?

domingo, 23 de abril de 2017

"Deus me ama profundamente, apesar de tudo”

Nesta experiência única de nova vida com o Pai, o próximo passo pode fazer você se sentir como se tivesse dado um passo para trás. Deus está oferecendo algo que você tem buscado e, de fato, precisa—seu verdadeiro lar. Mas algo dentro de você parece querer resistir a isso. Ser bem recebido em casa por seu Pai Celeste e em Sua família—sem maiores perguntas—parece ser totalmente irrealista para alguém que se pergunta se não foi longe demais.

Nós chamamos este estágio de jornada do seu despertar para o amor. Neste ponto começamos a dizer, "eu não mereço isso". Deus nos aceitar parece inacreditável. Mas o que Deus fala e faz é tão oposto ao que pensamos merecer que então somos movidos para a mais maravilhosa verdade: "Deus me ama profundamente, apesar de tudo".

Você pode ver o motivo de dizermos que um movimento de batalha espiritual acompanha nossa jornada para casa. Temos todo um conjunto de convicções sobre nós mesmos, mas Deus tem outro. Nós olhamos para um passado cheio de fracassos e vergonha e Ele olha para quem somos com amor e compaixão.

Este é o motivo de nos sentirmos tão impressionados com esta revelação. Nós então percebemos, talvez pela primeira vez, que nenhum de nós merece uma segunda chance, que não merecemos sermos perdoados, e certamente não merecemos ser amados incondicionalmente. Mas nós somos! Você é! Você não merece, mas Deus o ama mesmo assim.

Se você é como a maioria de nós, você conhece a trilha sonora da vergonha. Uma voz que diz: "você não tem valor, você não merece ser amado". O mesmo sussurro diz: "Sem mais chances para você!". A vergonha traz condenação, e então encontramos a graça, e nos vemos arrependidos dizendo: "Eu não mereço isso".

Não permita que seus erros passados e fracassos definam você. Essa é a voz da vergonha. Você não é o que fez ou deixou de fazer. Você não é o que fizeram com você. Você é o que Deus diz que você é. Seu filho.

Você sente uma guerra espiritual dentro de você? Se sim, como você a descreve?

"Ressurreição"

Hoje celebramos que Jesus não apenas morreu na cruz—Ele ressuscitou dentre os mortos! O que era punição e silêncio (a morte de Jesus na cruz) tornou-se nossa liberdade porque o túmulo não pôde segurá-lo.

Leia João 20:1-29.

Ele está vivo. Ele não está morto. Alguém mais acha isso muita loucura? Apenas um dia atrás Ele estava morto, envolto nas roupas de sepultamento e fechado em um túmulo.

É aqui que o Cristianismo deixa de ser apenas ideias de um bom professor—para uma mudança de vida através da fé. Se a vida de Jesus tivesse sido apenas sobre seu ensino, seu amor, pessoas e cura de enfermos Ele seria lembrado  apenas por essas coisas. Mas isso não aconteceu. O mundo inteiro foi transformado porque Ele não permaneceu morto. O que Ele disse e o que os Profetas disseram foi tudo verdade. A ressurreição de Jesus dos mortos acabou com a maldição do pecado que havia sobre nós!

Isso parece besteira, certo? Se confiarmos apenas em nossas próprias habilidades, possivelmente não conseguiremos entender isso. Paulo nos encoraja em 1 Coríntios 2:5, "Portanto, a fé que vocês têm não se baseia na sabedoria humana, mas no poder de Deus."

Numa percepção humana a morte de Jesus na cruz, sua ressurreição, e a redenção de toda a humanidade do peso do pecado, bem, isso é insanidade. Mas Deus. (Eu amo essas duas palavras) Nosso Deus não era simplesmente qualquer homem morrendo em uma cruz, Ele era Jesus—plenamente homem e plenamente Deus. Se Ele era simplesmente um homem então sua morte na cruz terá sido apenas a perda de um ótimo professor e defensor dos pobres e doentes.

Ele não era apenas homem, Ele era também plenamente Deus—O Filho de Deus!

É isso o que faz a Páscoa ter um significado maior do que apenas o que a nossa cultura nos ensina. Jesus morreu por você, mas Ele também ressuscitou por você. Ele não apenas pagou o preço pelos seus pecados; Ele veio para nos dar nova vida!

Isso é o que Ele vai fazer se decidirmos crer na Cruz e no túmulo vazio: "Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa; acabou-se o que era velho, e já chegou o que é novo.”  (2 Coríntios 5:17)

Separe um tempo hoje para celebrar, da sua maneira,
por tudo o que Jesus fez por você!

Existem poucas canções que representam melhor a história da Páscoa do que "Man of Sorrows" da Hillsong:
https://www.youtube.com/watch?v=C6jXqdtZi10